Máquinas Mortais pode ter prejuízo de US$ 100 milhões

Longa teve uma abertura de apenas US$ 7,5 milhões nos EUA

17/12/2018 15h15

Por Thamires Viana

De acordo com o Deadline, Máquinas Mortais, longa produzido por Peter Jackson, pode gerar um grande prejuízo para a Universal Pictures. 

O longa teve um orçamento avaliado em US$ 110 milhões e uma abertura de apenas US$ 7,5 milhões nos EUA, algo muito baixo para um blockbuster. Mundialmente, a arrecadação foi de US$ 34,8 milhões, deixando o longa muito abaixo do esperado pelo estúdio.

Analistas financeiros projetam que mesmo que Máquinas Mortais chegue a um total bruto de US$ 120 milhões - e isso é uma projeção elevada - ela ainda gerará um prejuízo de cerca de US$ 105 milhões. No entanto, eles acreditam que poderia ser muito maior, chegando à marca de US$ 150 milhões.

O destino do longa não é diferente de um número de projetos de ficção científica/fantasia caros que falharam recentemente, incluindo Valerian E A Cidade Dos Mil Planetas e O Destino De Júpiter.

A história é ambientada num mundo pós-apocalíptico, destruído pela Guerra dos 60 Minutos, que transformou o mundo num deserto radioativo. Agora, a humanidade sobrevive graças a um sistema de "darwinismo municipal", em que as cidades são máquinas gigantes que precisam consumir umas às outras para sobreviver. Bizarro, mas interessante.

Mortal Engines é o primeiro livro de uma série steampunk em quatro volumes, conhecidos por Hungry City Chronicles, do autor britânico Philip Reeve. O longa tem produção de Peter Jackson e direção de Christian Rivers, ganhador do Oscar de Efeitos Visuais por King Kong.

Inteiramente filmado na Nova Zelândia, o roteiro também é assinado por Peter Jackson e traz Hugo Weaving, Hera Hilmar, Robert Sheehan, Jihae, Ronan Raftery, Leila George, Patrick Malahide e Stephen Lang no elenco principal.

Máquinas Mortais estreia em 10 de janeiro de 2019 no Brasil.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus