Margot Robbie foi ameaçada de morte depois de Esquadrão Suicida

Atriz fala sobre o lado negativo da fama

04/01/2018 15h14

Por Iara Vasconcelos

Em entrevista recente ao THR, para falar sobre o seu novo filme "I, Tonya", Margot Robbie falou sobre o lado negativo de estar sob os holofotes em Hollywood. (Via Digital Spy)

A atriz brilhou na pele da vilã Arlequina em Esquadrão Suicida, entretanto o filme não obteve o resultado esperado pela Warner a até chegou a figurar em listas de "piores do ano". Apesar disso, é inegável que o longa fez Margot ficar ainda mais em evidência na mídia e ganhar muitos fãs, mas também desafetos.

Durante o bate-papo, ela conta que precisou reforçar a sua equipe de segurança ao receber ameaças de morte na época em que estrelou a produção da DC. O motivo das tais ameaças não foi revelado, mas a loira precisou mudar toda a sua rotina desde então.

"Há muitas coisas que você vai aprendendo no caminho. Tipo quando você recebe aquelas ameaças de morte, o mais sensato a se fazer é ter um time de segurança competente para saber se aquela pessoa tem um histórico de violência e se você precisa reforçar o seu esquema de proteção em certos eventos. A cada checagem dessas é US$ 2 mil que você precisa desembolsar", afirmou.

"É um tipo diferente de carreira e você acaba tendo que aceitar certos trabalhos que te permitam manter os custos desse novo estilo de vida. Você não pode só viver de filmes independentes pelo resto da sua vida porque estrelar um blockbuster muda tudo e agora você precisa ter grana para pagar os seguranças. Eu queria que alguém tivesse me falado sobre essas coisas mais cedo. Eu não teria ido por certos caminhos pois saberia onde estaria me metendo", desabafou a atriz.

Em I, Tonya, Margot vive a ex-patinadora no gelo Tonya Harding, que durante a década de 1990 conseguiu superar a infância pobre e se tornar uma das maiores atletas da sua geração. Mas acabou tendo sua carreira comprometida após um atentado que incapacitou uma de suas concorrentes durante as olímpiadas de 1994.

A interpretação da atriz vem sendo elogiado pela crítica especializada e ela é apontada como uma das favoritas ao Oscar. Mas será que Margot ficaria feliz com toda a exposição que vencer a cobiçada estatueta lhe daria?

Assista ao trailer de I, Tonya:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus