Mila Kunis escreve carta para produtores machistas

Atriz conta que foi ameaçada por se recusar a posar nua para promover filme

06/11/2016 11h11

Por Iara Vasconcelos

De Jennifer Lawrence à Patricia Arquette, muitas atrizes já denunciaram publicamente o machismo em Hollywood. A mais nova estrela a falar sobre o assunto foi Mila Kunis

Em carta aberta, ela fala sobre o sexismo na indústria. Inclusive, cita a ocasião em que um produtor a ameaçou, dizendo que sua carreira acabaria, quando ela se negou a posar nua para promover um filme.

"Me senti objetificada e pela primeira vez na minha carreira eu disse não. O filme acabou fazendo sucesso e fui chamada para outras produções. Ou seja, o mundo não acabou."

"Durante minha carreira, houve momentos em que eu fui insultada, recebi menos, fui diminuida por causa do meu gênero. Fui ensinada que é preciso jogar com a regra dos garotos para uma mulher fazer sucesso nessa indústria. Mas quanto mais trabalho, mais vejo que isso é bobagem", disse a atriz.

Mila também conta que, ao tentar conseguir financiamente para uma série de TV, teve que ler dos produtores a seguinte frase: " Ela é uma grande estrela. Uma das maiores atrizes de Hollywood que em breve será a esposa de Ashton [Kutcher] e a mãe de um bebê!!!'". A atriz conta que se sentiu reduzida ao status de "esposa de um famoso" e não gostou de ser julgada por esse fato ao invés de sua capacidade criativa.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus