Morre o diretor de televisão Carlos Manga, aos 87 anos

Ele era um dos maiores ícones da época de ouro das chanchadas

17/09/2015 20h47

Por Iara Vasconcelos

O diretor e roteirista Carlos Manga morreu nessa quinta-feira (17), aos 87 anos, em sua casa no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela Central Globo de Comunicação. A causa de sua morte ainda não foi divulgada.

Manga iniciou a carreira no cinema, mas logo migrou para a televisão. Um dos maiores ícones da época de ouro das chanchadas, consagrou-se pelo trabalho na rede Globo, onde trabalhou como diretor de núcleo de novelas e séries como "Anjo Mau", "Agosto" e "Memorial de Maria Moura", Além disso, foi diretor dos Domingão do Faustão e do Sítio do Picapau Amarelo. O diretor também passou uma parte de sua vida na Itália, onde teve a oportunidade de trabalhar ao lado de Federico Fellini.

No cinema, se destacou em títulso como Carnaval Atlântida, Nem Sansão Nem Dalila, Matar Ou Correr e Assim Era A Atlântida.

Carlos Manga deixa três filhos: Paula Manga, Carlos Manga Jr. e Maria Eduarda Manga.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus