Morre Ozualdo Candeias

08/02/2007 18h39

Morreu às 15h, em São Paulo, o diretor Ozualdo Ribeiro Candeias, aos 88 anos. Ele estava internado no Hospital Brigadeiro, em São Paulo, onde teve insuficiência respiratória.

Nascido em Cajubi, interior de São Paulo, em 5 de novembro de 1922, Candeias se interessou por cinema na capital paulista, para onde se mudou na década de 50 e comprou uma câmera 16 mm para filmar batizados, casamentos e aniversários.

Seu primeiro filme foi A Margem (1967), considerado o pontapé inicial do chamado Cinema Marginal, movimento que se opunha ao Cinema Novo. Além deste fez outros nove longas, como O Vigilante (1992), As Belas da Billings (1987), A Opção (1981) e Zézero (1974), dois médias-metragens, 11 curtas e quatro vídeos. Além de diretor, Candeias era produtor, ator, roteirista e montador.

O velório será realizado a partir das 21h, na Beneficiência Portuguesa.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus