Morre Wes Craven, diretor de A Hora do Pesadelo e Pânico, aos 76 anos

O Diretor lutava contra um câncer no cérebro

30/08/2015 23h35

Wes Craven morreu neste domingo (30), aos 76 anos, segundo a revista Variety. O diretor da franquia Pânico foi vítima de um câncer no cérebro. De acordo com o site The Hollywood Reporter, Craven faleceu em sua casa, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

A família do diretor divulgou uma nota ao BuzzFeed: "É com profunda tristeza que informamos a morte de Wes Craven, às 13h, no domingo, 30 de agosto, após a batalha contra o câncer no cérebro. (...) Craven estava cercado de amor, na presença de sua família, em sua casa em Los Angeles."

Nascido em 2 de agosto de 1939, a carreira do cineasta foi marcada pelas produções do gênero terror. Um dos grandes sucessos de Craven, e que o tornou famoso, foi A Hora Do Pesadelo (1984), longa que lançou o personagem Freddy Krueger. O diretor comandou o primeiro filme da franquia e foi produtor do terceiro.

Além disso, o cineasta criou Ghostface e deu início a franquia Pânico, que recentemente chegou à televisão. Entre os outros filmes marcantes de sua carreira estão O Monstro do Pântano (1982) e Quadrilha de Sádicos (1977). Seu último trabalho como diretor foi Pânico 4, em 2011.

Logo após saber a notícia, James Wan, diretor de Invocação Do Mal e de outros clássicos do terror, postou em seu Twitter sobre o falecimento de Craven. "Não posso acreditar nas notícias. Tristezas sinceras e minhas profundas condolências com o falecimento de Wes Craven. Verdadeiramente uma das minhas maiores inspirações", escreveu Wan.

Já o último post publicado por Craven, em 27 de julho, deixa uma bela mensagem para quem deseja trabalhar com o que ama. "Pegue o primeiro trabalho que conseguir na indústria que quer entrar. O trabalho não importa. Colocar o seu pé na porta é o que importa", escreveu o diretor. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus