Mostra de São Paulo: Confira os vencedores da 39ª edição

Os brasileiros Sérgio Machado e Marina Person foram alguns dos premiados

05/11/2015 10h08

Depois de exibir mais de 300 filmes em 15 dias, a 39ª Mostra de São Paulo teve os seus vencedores anunciados, nesta quarta-feira (04). Em cerimônia de prêmios divididos, o filme Pardais foi o único a vencer duas categorias.

Além disso, os brasileiros Sérgio Machado e Marina Person também foram premiados com os longas Tudo Que Aprendemos Juntos e Califórnia, respectivamente. No palco, os dois diretores falaram da importância da Mostra e como ela foi importante para a formação deles. "Para você ter ideia, quando estudava cinema chegava a ver quatro filmes por dia", comentou Machado.

Em seu longa, o cineasta fala de um professor de violino (Lázaro Ramos) que passa a ensinar música clássica para os jovens de Heliópolis. Já em Califórnia, uma jovem de 15 anos lida com a adolescência e a chegada da Aids no Brasil. Leia a crítica.

O primeiro prêmio da noite, concedido pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), foi para Aspirantes, de Ives Rosenfeld. Monstros do Ringue e o próprio Tudo Que Aprendemos Juntos, receberam da produtora RT Features R$ 50 mil por vencerem na categoria do público de melhor documentário e melhor longa de ficção nacional, respectivamente.

Agora, vale curtir a repescagem: São 27 títulos que serão exibidos no CineSesc até a quarta-feira (11). Na programação estão produções nacionais e estrangeiras. Confira a programação.

Confira abaixo a lista dos premiados:

Abraccine - Aspirantes (Ives Rosenfeld)

Prêmio de Crítica - Os Campos Voltarão

Prêmio autores de cinema - Pardais

Prêmio da Juventude (longa internacional)Beatles (Peter Flinth)

Prêmio da Juventude (longa brasileiro) - Califórnia (Marina Person)

Premio do público (documentário internacional) - Pixadores (Amir Escandari)

Prêmio do público (melhor ficção internacional) - Sabor da Vida (Naomi Kawase)

Premio do público (melhor documentário nacional) - Monstros do Ringue

Premio do Público (melhor longa de ficção nacional) - Tudo que Aprendemos Juntos (Sergio Machado)

Prêmio do Júri (novos diretores) - Carta Branca (Jacek Lusinski) (menção honrosa).

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus