Mostra de SP: Animais Noturnos é inquietante noir de Tom Ford

Grande destaque da obra é a atuação de Amy Adams

27/10/2016 15h02

Por Daniel Reininger

Animais Noturnos, de Tom Ford, do bom drama Direito De Amar, é um filme pulp com elementos noir que parece seguir a trama de muitos outros longas do gênero, repleto de momentos que já vimos antes, mas que na mão do diretor se tornam um novo tipo de arte inquietante.

Premiado do júri no Festival de Veneza, o grande destaque da obra é a atuação de Amy Adams, que interpreta Susan, dona de uma galeria de arte que fica perturbada ao ler um livro escrito pelo ex-marido, um romance violento sobre uma família atacada numa estrada do Texas. O mais incômodo é o fato de o romance ser dedicado a ela.

A narrativa alterna a vida real de Susan, flashbacks do casamento de Susan e Edward e a trama do livro sobre a vingança de um pai de família contra violentos criminosos. Tudo é montado de forma a criar belas imagens, sempre com fotografia impecável e trilha sonora perfeitamente  escolhida.

As atuações de Jake Gillenhaal, Michael Shannon e Aaron Taylor-Johnson são impecáveis e dão ainda mais força ao filme.

Entretanto, o longa fica preso demais à estética e muitas vezes o roteiro parece vazio e até mesmo um pouco pretensioso. A falta de um momento de catarse também pode incomodar aos menos preparados para uma obra desse tipo.

Instigante, Animais Noturnos não é um filme fácil e possui clima de tensão do começo ao fim. Obra complexa, trata da banalidade do cotidiado e da violência extrema com a mesma naturalidade e esse é um dos fatores mais angustiantes da narrativa. A cena de abertura sozinha já deve desconcertar muita gente, enquanto a cena final é previsivel e gera uma leve frustração. 

A estreia comercial acontece no Brasil em 29 de dezembro.

ANIMAIS NOTURNOS (Nocturnal Animals) - próximas sessões na MOSTRA de SP:

27/10, 18h (Cinesala)
29/10, 21h50 (Itaú Augusta 1)
1º/11, 21h30 (Cinemark Cidade São Paulo)

Veja o trailer:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus