Mulher-Maravilha: Cinema promove sessão apenas para mulheres e causa controvérsia

Ataques pela internet provam que o universo dos quadrinhos continua sendo um clube do bolinha

26/05/2017 12h20

Por Iara Vasconcelos

Mulher-Maravilha é um dos maiores ícones femininos da cultura pop e que, dada a sua importância, foi coroada como embaixadora honorária da ONU. Sua força e independência inspiraram milhares de garotas desde sua primeira aparição na revista All Star Comics #8, em dezembro de 1941.

O impacto da heroína na sociedade é muito simbólico, visto que o universo dos quadrinhos ainda é um ambiente voltado ao sexo masculino e a representação feminina ainda é muito falha, com personagens hipersexualizadas ou com pouca profundidade. (Via mashable)

Pensando no crescente interesse das mulheres pelo assunto e como forma de aproximá-las ainda mais dessa cultura, um cinema de Austin, no Texas, resolveu organizar uma sessão do primeiro filme solo da amazona fechada apenas para elas. Entretanto, a atitude gerou uma desnecessária controvérsia que comprova, mais uma vez, que esse panorama ainda precisa de muitas mudanças.

Enquanto alguns internautas diziam que o evento possui tom discriminatório, outros exigiam uma sessão voltada apenas para o público masculino. Com muito jogo de cintura, o cinema que promoverá a exibição foi rebatendo cada um dos comentários em suas mídias sociais. Apesar dos ataques e reclamações, a sessão já vendeu todos os seus ingressos e promete ser um sucesso.

O primeiro filme solo da heroína terá Gal Gadot como protagonista e mostrará a vida de Diana na paradisíaca ilha habitada apenas por mulheres, até que ela conhece o piloto Steve Trevor (Chris Pine), que cai em uma praia local após sofrer um acidente. Salvo pela Amazona, ele será a porta de entrada dela para o "mundo dos homens". A partir daí, Mulher-Maravilha deixará tudo para traz para tentar trazer a paz ao mundo através de seus poderes.

Com direção de Patty Jenkins, o filme chega aos cinemas em 1º de junho. A venda de ingressos para o filme no Brasil já começou.

 

Queremos saber: O que você acharia de uma sessão do tipo no Brasil?

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus