Mulher-Maravilha: Gal Gadot comenta polêmica com heroína embaixadora da ONU

Longa estreia no dia 1º de junho de 2017

19/12/2016 18h38

Recentemente, a Mulher-Maravilha, personagem das HQs da DC, foi desbancada da posição de embaixadora do ONU devido a protestos quanto a "sexualização" da heroína.

O que muitos fãs da amazona esperavam finalmente aconteceu. A atriz Gal Gadot, que vive a personagem ícônica no universo cinematográfico da DC, falou sobre a polêmica. 

"Há tantas coisas horríveis acontecendo nesse mundo, e o que vocês querem protestar é isso? Quando as pessoas dizem que a Mulher-Maravilha precisa 'se cobrir', eu não entendo. Eles estão dizendo que ela é esperta e forte, então ela não pode ser sexy. Por que não?", disse a atriz à revista Time.

O longa Mulher-maravilha, estrelado por Gal Gadot estreia no dia 1º de junho de 2017 no Brasil.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus