Mulher-Maravilha: Patty Jenkins não queria Gal Gadot no papel

Cineasta revela o que pensou da atriz no início

10/06/2017 10h29

Por Iara Vasconcelos

A sintonia entra a diretora Patty Jenkins e a atriz israelense Gal Gadot fez de Mulher-maravilha um dos filmes de super-heróis mais consistentes dos últimos anos. Entretanto, a cineasta confessa que no início não tinha gostado da escolha da atriz para o papel.

Em entrevista para a Playboy, Jenkins relembra que ficou preocupada quando soube que Zack Snyder tinha escalado Gadot para o longa: "Eu lembro de ler a notícia e ficar de coração apertado. Naquela altura, eu já tinha combinado tantas coisas com o estúdio que pensei 'bom, então é isso'. Eu tenho certeza que não teríamos feito a mesma escolha".

Entretanto, a diretora conta que sua opinião mudou completamente depois que começou a trabalhar com ela: "Francamente, eu acho que eles fizeram um trabalho melhor do que eu faria porque não acho que teria me esforçado tanto quanto eles para encontrá-la. Não sei se procuraria alguém internacional. Provavelmente escolheria uma garota americana, mas ela [Gal] é a melhor. É corajosa, forte, gentil, amorosa e fod*na - todos os adjetivos da Mulher-Maravilha".

Ao que tudo indica, Jenkins e Gadot já assinaram contrato para o segundo filme, que deve se passar nos EUA nos dias de hoje.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus