Nelson Pereira dos Santos, cineasta brasileiro, morre aos 89 anos

Ele dirigiu Vidas Secas, adaptação do romance de Graciliano Ramos, e Rio 40 Graus

23/04/2018 10h07

Por Thamires Viana

Nelson Pereira dos Santos, um dos cineastas mais influentes do Cinema Novo, faleceu na tarde de sábado (21), aos 89 anos. Ele estava internado para o tratamento de uma pneumonia e há cerca de um mês foi diagnosticado com um câncer de fígado. 

Nelson é o responsável por grandes nomes do cinema nacional como Vidas Secas, adaptação do romance de Graciliano Ramos, e Rio 40 Graus, considerado um dos 100 melhores filmes brasileiros. 

Em 2006, o cineasta foi eleito como membro da Academia Brasileira de Letras, atuando na programação cultural da instituição. Paulistano, Nelson nasceu em 1928 e se formou em Direito em 1952.

Nos 1940, foi contratado como repórter de jornais como o Diário da Noite e O Tempo. Ao se mudar para o Rio de Janeiro, foi professor da Universidade Federal Fluminense, onde criou o curso de cinema. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus