Noé: Vaticano compara longa a Gladiador e Harry Potter

Crítico ainda lamentou que o filme não seja fiel à Bíblia

10/04/2014 12h02

Depois de ser proibido em vários países e de colecionar polêmicas, o épico bíblico Noé agora foi tema de uma matéria no jornal  "Avvenire", publicação oficial do Vaticano. Pelo jeito, a Igreja Católica não está nada satisfeita com o filme de Darren Aronofsky.

+ Noé: Proibido em vários países, longa causa polêmica; entenda

O jornal diz em texto publicado nesta quinta-feira que o filme adicionou para a história elementos novos "como ecologia, e transformou um conto bíblico em uma oportunidade perdida", informou o The Hollywood Reporter. Não se sabe ao certo o que o jornal quis dizer com tal afirmação.

Assinado pelo crítico Mimmo Muolo, o artigo ainda diz que o filme é estranho e desconcertante, apesar de ser visualmente potente. Muolo ainda afirma que o filme é uma mistura de Gladiador, Harry Potter e O Senhor Dos Anéis. O redator também lamentou que a história esteja longe da que foi apresentada no livro Gênesis.

Noé, que estreou há exatamente uma semana no Brasil, foi o filme mais assistido por aqui no último final de semana.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus