Novo Mary Poppins não será um remake, afirma diretor

Diretor pretende trabalhar com outras versões do livro

21/10/2015 21h20

Por Iara Vasconcelos

Rob Marshall, responsável por dirigir o novo filme da babá mágica Mary Poppins, afirmou que a produção não se trata de um remake, como estava sendo noticiado.

"Não vai ser um novo Mary Poppins. O P.L. Travers escreveu oito livros ao mesmo tempo. No filme original, eles trabalharam com o primeiro e nós vamos trabalhar com os outros sete, mas sem mexer na essência icônica de Mary Poppins. Isso é uma extensão. Sou um grande fã do original, um grande amigo de Julie Andrews e tenho grande admiração pelo filme. Existe todo esse novo material – que foi o Harry Potter de seu tempo – e eles nunca se transformaram em algo além daquele longa", explicou o cineasta ao Vulture.

Como citou o nome de Julie Andrews, Marshall não conseguiu escapar da pergunta óbvia: A atriz participará do novo filme de alguma forma? Se depender dele, a resposta será positiva.

"Ela é uma amiga muito querida e se ela puder se envolver de alguma forma será muito especial. Sei que ela está muito feliz que nós estamos fazendo e, depois de 50 anos, parece que é a hora certa".

Por enquanto, a atriz Emily Blunt é a favorita da Disney para interpretar a famosa personagem nas telonas. Ela já trabalhou anteriormente com o diretor no musical Caminhos Da Floresta.

A nova trama será produzida por John DeLuca e Marc Platt e deve se passar 20 anos após os acontecimentos do filme original.

Lançado em 1964, Mary Poppins trazia a história da babá perfeita que topou a difícil missão de cuidar dos filhos de um banqueiro frio e materialista. Desde sua estreia, o longa se tornou ícone da cultura pop, principalmente pelo guarda-chuva "voador" usado pela personagem.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus