O Escândalo: Conheça a história real que inspirou o longa

Filme retrata as acusações de assédio sexual contra o ex-chefe da Fox News

17/01/2020 19h28 (Atualizado em 10/02/2020 00h29)

Por Thamires Viana

Já em cartaz nos cinemas, O Escândalo conta a verdadeira história das diversas acusações de assédio sexual que derrubaram Roger Ailes, chefe da Fox News. Em 2014, em uma biografia chamada The Loudest Voice in the Room, uma produtora que preferiu se manter anônima, alegou que Ailes, enquanto ele estava na NBC, havia oferecido a ela US$ 100 adicionais por semana se ela concordasse em fazer sexo com ele sempre que ele quisesse.

Dois anos depois, foi a vez de Gretchen Carlson, ex-jornalista da Fox, que acusou Ailes de assédio sexual grave e persistente e de prejudicar sua carreira, atrasando seu salário e, como é mostrado no filme, mudando seus programas para horários de menor audiência depois que ela recusou as investidas dele.

A apresentadora citou em seu processo que, quando confrontou Ailes, recebeu a seguinte resposta: "Eu acho que você e eu deveríamos ter tido um relacionamento sexual há muito tempo e então isso seria bem melhor para nós". Ela foi demitida e Ailes negou as acusações alegando que ele demitiu Carlson por causa das avaliações ruins do programa.

Uma investigação interna foi instaurada e em pouco tempo dezenas de outras acusações de assédio sexual contra ele foram reveladas. Megyn Kelly, na época a estrela em ascensão na rede, estava entre as mulheres que relataram ter sofrido assédio nas mãos do chefe. No total, mais de 20 mulheres acusaram Ailes, e ele foi forçado a renunciar ao cargo em julho daquele ano. Ele morreu em maio de 2017.

Em O EscândaloNicole Kidman interpreta Carlson, que, depois de abrir o processo, abriu espaço para que outras mulheres da Fox reforçassem sua credibilidade com suas próprias alegações. Charlize Theron interpreta Kelly, uma estrela em ascensão na época do caso que acabou apresentando sua denúncia de forma pública. E Margot Robbie interpreta a personagem fictícia - única criada para o filme - Kayla, uma jovem promissora que espera um dia ser âncora da Fox TV, mas enfrenta assédio pelas mãos de Ailes e uma cultura de misoginia na rede.

Fonte: Time

A direção de O Escândalo fica a cargo de Jay Roach, responsável por Trumbo - Lista Negra e o longa já está em cartaz.

Veja também: Crítica: O Escândalo é resumo intenso e poderoso sobre assédio


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus