O Grande Hotel Budapeste e O Jogo da Imitação vencem o WGA 2015

Longas de Wes Anderson e Morten Tyldum levam o prêmio do Sindicato dos Roteiristas

15/02/2015 10h00

O Grande Hotel Budapeste e O Jogo Da Imitação foram eleitos os melhores roteiros originais e adaptados, respectivamente, no Writers Guild Awards (WGA) de 2015, prêmio do Sindicato dos Roteiristas de Hollywood.

A comédia dirigida por Wes Anderson, que retrata o cotidiano de um hotel luxuoso da cidade de Budapeste, bateu os longas Boyhood: Da Infância À Juventude, Foxcatcher - Uma História Que Chocou O Mundo, O Abutre e Whiplash - Em Busca Da Perfeição.

Já o Jogo da Imitação, que retrata a vida de Alan Turing (Benedict Cumberbatch), o matemático que decodificou a máquina alemã Enigma durante a Segunda Guerra Mundial, superou Sniper Americano, Garota Exemplar, Guardiões Da Galáxia e Livre.

Conheça os premiados em cinema e televisão:

Melhor Roteiro Original
O Grande Hotel Budapeste – Escrito por Wes Anderson; História de Wes Anderson e Hugo Guinness

Melhor Roteiro Adaptado
O Jogo da Imitação – Escrito por Graham Moore; Baseado no livro Alan Turing: The Enigm, de Andrew Hodges

Melhor Roteiro para Documentário The Internet's Own Boy: The Story of Aaron Swartz – Escrito por Brian Knappenberger

TELEVISÃO

Melhor Série de Drama
True Detective – Escrita por Nic Pizzolatto; HBO

Melhor Série de Comédia
Louie – Escrita por Pamela Adlon, Louis C.K.; FX

Melhor Série Nova
True Detective – Escrita por Nic Pizzolatto; HBO

Melhor episódio em série de drama
"The Last Call" (The Good Wife) – Escrito por Robert King & Michelle King; CBS

Melhor episódio em série de comédia
"So Did the Fat Lady" (Louie) – Escrito por Louis C.K.; FX

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus