O que esperar da temporada final de Game of Thrones

Série retorna com a temporada final a partir do dia 14 de abril

11/04/2019 15h04 (Atualizado em 14/04/2019 19h45)

Por Pedro Venturini

Quando os espectadores conheceram as nobres famílias de Westeros, pouco imaginavam as reviravoltas com o passar das temporadas, o amadurecimento dos personagens e a direção tomada pelo enredo. Com a aproximação da oitava de Game of Thrones, algumas perguntas ainda restam no ar, será que o final será capaz de respondê-las? E como fará para recuperar o ritmo e a qualidade das temporadas iniciais?

Durante a sétima temporada houve um número considerável de problemas de montagem, do tempo de deslocamento dos personagens de um ponto ao outro e distâncias ignoradas, além de problemas de narrativa que fizeram com que a temporada parecesse buscar desfechos e soluções apressadas para questões que levaram temporadas para serem construídas. Essa é a principal questão a ser evitada para o desfecho.

Muitos desses problemas se deram pela necessidade dos roteiristas e produtores continuarem à trama sem poder contar com o material base da série, os livros de R.R. Martin. Devemos lembrar que desde a sexta temporada o programa segue um caminho próprio com os roteiristas consultando Martin apenas quando necessário.

Na sétima temporada, boa parte dos arcos já foram resolvidos e agora resta amarrar as últimas pontas e resolver a guerra final. A grande questão é: Poderá a série ter um final satisfatório em apenas seis episódios? Será que Daenerys e Jon Snow vão vencer o Rei da Noite, agora com um dragão ao seu lado? Uma coisa é certeza, veremos muitas mortes, batalhas, reviravoltas e traições.

A responsabilidade e o desafio dos produtores sobre a oitava temporada são grandes. Em entrevista recente, Martin afirmou que a série e os livros terão finais diferentes e isso com certeza criou um problema para os produtores, que tiveram que solucionar diversas questões de roteiro e ainda entregar um final satisfatório para a série mais popular da atualidade. Ninguém quer que o que aconteceu com Lost, e seu final decepcionante, se repita.

Para quem espera uma vitória certa dos "vivos", surpresas podem estar por vir. Os produtores revelaram as intenções do Rei da Noite em entrevista recente ao Entertainment Weekly, explicando que o propósito dos caminhantes brancos é a morte. O que isso significa exatamente e quais as consequências disso, vamos descobrir a partir do dia 14 de abril. E nada garante que a morte, algo natural, mesmo que personificado por um ser, não vença no final.

Durante a Première de Game of Thrones, a atriz Emilia Clarke, a Daenerys, afirmou que os fãs enlouquecerão com o primeiro episódio da próxima temporada, será que já veremos uma resolução das questões em aberto, como quem será o dono final do Trono de Ferro? Fica a dúvida se os produtores serão capazes de evitar erros do passado e a falta direcionamento dos livros para proporcionar um final condizente e capaz de agradar aos fãs. Agora é conter a ansiedade e esperar essas respostas a partir do dia 14 de abril.

Veja o trailer:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus