O Rei Leão: Animador do original diz que remake é ganância

"A Disney agora está tirando a máscara", disse David Stephan

01/08/2019 16h02

Por Thamires Viana

O remake de O Rei Leão dominou as bilheterias mundiais com mais de US$ 1 bilhão em menos de um mês, mas alguns dos animadores que trabalharam na animação de 1994 não aprovaram muito o lançamento. (via IndieWire)

O HuffPost entrevistou alguns dos nomes que atuaram na produção do filme original para obter seus pensamentos sobre o remake em live-action comandado por Jon Favreau, Um deles, que preferiu se manter no anonimato, disse: "Há um enorme ressentimento contra esses remakes em 3D partindo dos originais em 2D. Talvez se tivéssemos algum tipo de royalties, seria diferente!"

David Stephan, animador que trabalhou nos projetos das hienas de O Rei Leão de 1994, compartilhou com o site suas críticas sobre a versão de 2019. "Se você falar com a equipe do original, a maioria deles dirá: 'Por quê? Você realmente tem que fazer isso? Isso meio que dói", desabafou.

"É um pouco triste que o acionista esteja agora na sala decidindo quais filmes serão feitos", continuou Stephan. "A Disney agora está tirando a máscara e dizendo na nossa cara: 'Sim, nós só queremos ganhar dinheiro'. Isso é decepcionante como artista, de um estúdio que foi fundado na originalidade e na arte", disparou.

O elenco traz nomes de peso como Donald Glover como Simba, Beyoncé como Nala e James Earl Jones como Mufasa, reprisando sua performance icônica do clássico animado da Disney em 1994. Chiwetel Ejiofor retrata o vilão tio de Simba, Scar. A clássica trilha sonora da animação será novamente composta por Hans Zimmer.

A produção segue o formato de Mogli - O Menino Lobo e mistura imagens reais com personagens criados por computação gráfica.

O Rei Leão está em cartaz nos cinemas.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus