Onde eles guardam o Oscar?

17/03/2001 19h00

Astros e estrelas fazem o que podem para abocanhar a estatueta dourada mais cobiçada do mundo. Mas e depois que ganham, onde é que o Oscar vai parar? Tem aqueles que aproveitam para decorar a lareira com o Oscar, outros preferem que o prêmio fique no banheiro. E tem também aqueles troféus que desaparecem. O que Geena Davis ganhou por O Turista Acidental enfrentou um terremoto e nunca mais se teve notícias dele.

A irreverente Angelina Jolie preferiu um lugar simplinho para o Oscar de coadjuvante que ganhou por Garota Interrompida. O prêmio repousa em uma estante com a função de aparar livros. Já o espanhol Pedro Almodóvar usa o troféu para decorar uma mesa de centro construída por pastilhas coloridas na sua casa de campo nos arredores de Madri.

Marlee Matlin não teve a menor dúvida e enfeita seu banheiro com o oscar que ganhou por Filhos do Silêncio. Anna Paquin, que ganhou pela garotinha de O Piano guardava o prêmio no seu quarto, mas as gozações dos amigos e o cansaço de ver o prêmio todo dia, fizeram que ela resolvesse trancafia-lo em um armário. É também num armário que Gwyneth Paltrow deixa o seu de melhor atriz por Shakespeare Apaixonado. Detalhe: Gwyneth declarou que morre de medo que alguém roube a sua relíquia.

Não faltam aqueles que preferem usar a imaginação e encontrar outra utilidade para o Oscar. Tom Hanks é assim e deixa que seus filhos brinquem com seus dois troféus como se fossem bonecos.
O de Ben Affleck (de roteirista por O Gênio Indomável foi raptado por sua mãe, que disse que só vai devolvê-lo quando o filho lhe der um neto. A mãe de Jon Voight, o pai de Angelina Jolie, também guardou por um tempão o Oscar que o filho ganhou por Amargo Regresso e que hoje está em lugar tradicional: a lareira da casa de Voight.

É no apartamento de Nova York que Michael Douglas guarda seus dois prêmios: como produtor por Um Estranho no Ninho e de ator por Wall Street. Já Kirk Douglas, o pai de Michael, tem dois oscars na sua casa de Los Angeles. O primeiro é o de brincadeira dado pela família quando ele foi indicado e não ganhou e o segundo é de verdade, dado pela Academia “por toda uma vida dedicada ao cinema”.


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus