Operação Red Sparrow: Filme com Jennifer Lawrence sofre "censura" no Reino Unido

Estreia acontece em 1º de março

16/02/2018 10h33

Por Iara Vasconcelos

Nos Estados Unidos, o suspense de espionagem Operação Red Sparrow deve ganhar classificação "para maiores" por conta de suas cenas picantes e violentas. Mas no Reino Unido, o novo longa estrelado por Jennifer Lawrence deve passar por modificações para receber censura menor.

De acordo com o BBFC (British Board Of Film Classification), órgão que regula as classificações indicativas na terra da rainha, as mudanças foram feitas por vontade da própria distribuidora:

"Durante pós-produção, a distribuidora consultou alguns conselhos para saber como conseguir garantir a classificação desejada. Após algumas recomendações, mudanças foram feitas antes da submissão do filme para avaliação", informou o orgão.

A cena em questão trazia trechos de tortura utilizando um equipamento chamado de "garrote", que serviu como instrumento para estrangular condenados. Sem essa sequência no produto final, o longa deve ser permitido para maiores de 15 anos no país.

Na trama, Lawrence vive Dominika Egorova, uma bailarina e filha dedicada determinada a proteger sua mãe a todo custo. Ela se torna uma nova recruta da Sparrow School, serviço secreto de inteligência que treina jovens excepcionais para usar seus corpos e mentes como armas. Após um processo de treinamento perverso e sádico, ela surge como a mais perigosa Sparrow que o programa já produziu.

A estreia acontece em 1º de março. Assista ao trailer:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus