Opinião: Oscar 2016 é marcado pelo equilíbrio

Apesar disso, estatueta de melhor filme deve mesmo ficar com O Regresso

26/02/2016 13h15

É consenso que 2016 é um dos anos mais imprevisíveis quando o assunto é Oscar. Não há um franco favorito como em edições anteriores e o principal prêmio da noite de 28 de fevereiro pode parar no colo dos produtores de três filmes: O Regresso, Spotlight - Segredos Revelados e A Grande Aposta, apesar da torcida geral por Mad Max: Estrada Da Fúria.

Apesar dessa polarização, a estatueta de melhor filme deve mesmo ficar com O Regresso. O longa também é favorito para faturar a categoria direção, o que deve inflar ainda mais o ego de Alejandro G. Iñárritu (Birdman Ou A Inesperada Virtude Da Ignorância), e direção de fotografia – uma vez que o uso de apenas fontes naturais de luz é um feito memorável. Soma-se a esses três troféus o que é o momento mais aguardado da cerimônia: a consagração de Leonardo Dicaprio como melhor ator, apesar de esse ano não ser sua performance mais merecedora. 

+ Confira os possíveis favoritos da noite em cada categoria

Eddie Redmayne entregou uma atuação irretocável em A Garota Dinamarquesa, mas a Academia não deve premiá-lo em dois anos consecutivos – em 2015, conquistou o Oscar por A Teoria De Tudo. No longa sobre a vida de uma transexual, quem deve ficar com o prêmio é a parceira de cena de Eddie. Alicia Vikander é uma estrela em ascensão e merece a consagração. Ela também estrela muito bem outro longa que concorre esse ano: Ex Machina.

Além de DiCaprio, outras premiações tardias podem ocorrer no Oscar 2016. Depois dos aplausos em pé no Globo de Ouro, Sylvester Stallone tornou-se o favorito como ator coadjuvante de Creed: Nascido Para Lutar. Entre os artistas dos bastidores, o compositor Ennio Moricone deve finalmente ser laureado por Os 8 Odiados, algo mais do que merecido. Não custa lembrar que ele já tem um troféu pelo conjunto da obra.

Se a disputa para melhor filme está nebulosa, o mesmo não pode ser dito entre os atores principais. Assim como Leonardo é aposta certa, Brie Larson está com uma mão no troféu por seu trabalho intenso em O Quarto De Jack.

Oscar 2016 tem O Regresso e Mad Max como destaques

Se essas previsões estiverem corretas, com O Regresso o melhor filme na opinião dos votantes, os prêmios de roteiro podem ser divididos entre os outros candidatos apontados. Spotlight - Segredos Revelados leva por roteiro original, enquanto A Grande Aposta é eleito a melhor adaptação.

Quem também corre por fora na concorrência de Spotlight é Divertida Mente, mas a produção da Pixar deve levar apenas como melhor animação, para tristeza da torcida brasileira por O Menino E O Mundo. A história dentro da cabeça da pré-adolescente é muito tocante e merecia uma indicação como melhor filme. Se a Academia tivesse feito essa escolha, os votos entre as animações seriam polvilhados entre os candidatos e a sorte estaria lançada na categoria.

"Mas e Mad Max: Estrada Da Fúria?", você deve estar se perguntando. A boa notícia é que o eletrizante e feminista filme de George Miller deve ser o maior vencedor da noite. A produção tem boas chances em seis categorias: edição, direção de arte, maquiagem, efeitos visuais e a dobradinha de som (edição e mixagem). Entretanto, a disputa será acirrada com O Regresso.

+ Conheça as chances de Mad Max no Oscar

Por outro lado, a má notícia para a nação geek é que Star Wars: O Despertar Da Força corre sérios riscos de sair de mãos abanando na premiação. O consolo é que se trata do início de uma nova trilogia, e todo mundo lembra da baciada de Oscars que O Senhor Dos Anéis: O Retorno Do Rei levou em 2004.

O Cineclick faz a cobertura ao vivo do Oscar 2016 a partir das 19h30 do próximo domingo, dia 28. Fique ligado!

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus