Organização do Oscar é processada por ex-funcionário

A Academia ainda não se pronunciou oficialmente

01/02/2017 15h58

Por Iara Vasconcelos

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, organizadora do Oscar, está sendo processada por um ex-funcionário que afirma ter sido demitido após revelar que sofria com um câncer.

Rodolfo Davila revelou que foi impedido de trabalhar em casa enquanto passava pelo tratamento para curar a doença. Ele trabalhou para a Academia entre novembro de 2012 e julho de 2016 e afirma que foi pressionado a pedir sua própria demissão.

Nos documentos do processo foi revelado que Davila sofreu um ataque cardíaco após ser dispensado pela empresa, dado o nível de estresse decorrente da situação. 

A Academia ainda não se pronunciou oficialmente.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus