Orival Pessini, criador do Fofão e Patropi, morre aos 72 anos

Seu personagem mais icônico, Fofão, foi criado em 1983

14/10/2016 09h34

Por Daniel Reininger

Morreu na madrugada desta sexta-feira (14) em São Paulo Orival Pessini, criador do Fofão e Patropi. O anúncio foi feito por Álvaro Gomes, empresário do ator, por meio do Facebook.

"Uma pessoa que trouxe alegria a varias gerações com seu humor adulto ou para as crianças com o Fofão", escreveu o executivo na rede social.

O humorista tinha 72 anos e sofria com câncer no baço. Ele estava internado nas últimas semanas no Hospital São Luiz do Morumbi, na Zona Sul.

Nascido em Marília (SP) em 1944, Pessini iniciou a carreira no teatro amador. Fez sua estreia na TV em 1963, no infantil Quem conta um conto, da TV Tupi. Anos depois, ganhou fama com os personagens Sócrates e Charles, do Planeta dos Homens, da Globo.  Ele ainda viveu Patropi, da Escolinha do Professor Raimundo.

Seu personagem mais icônico, Fofão, foi criado em 1983, para o programa Balão Mágico, da Globo. O alienígena esquisito e de enormes bochechas, nascido no planeta fictício "Fofolândia", tornou-se um símbolos dos anos 1980 e virou boneco e ganhou um um DVD, batizado de Fofão Forever, lançado esse ano. Com o fim do programa, Fofão ainda estrelou o TV Fofão, da Band.

No cinema, Orival participou do filme Carrossel, O Filme, em 2015, além dos filmes Fofão - A Nave Sem Rumo (1988) e As Apatralhadas do Fofão (1987).

O velório será realizado a partir das 16h no cemitério do Morumbi.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus