Oscar 2016: Conheça as chances de Mad Max levar estatueta de Melhor Filme

Aplaudido em Cannes e um dos melhores do Ano para o Cineclick, filme merece prêmio

19/01/2016 13h42

Por Daniel Reininger

O Oscar 2016 é um dos menos variados dos últimos anos, poucos filmes dominaram a maioria das indicações, há poucas surpresas nas categorias de atuação, as quais privilegiaram atores brancos novamente, e mesmo entre os oito melhores filmes, podemos argumentar que existem outras boas opções que poderiam estar lá. Entretanto, diante desse cenário nada animador, 2016 nos reservou uma bela surpresa: a indicação em 10 categorias, inclusive as de melhor diretor e melhor filme, para Mad Max: Estrada Da Fúria, de longe um dos melhores filmes de 2015, mas de um estilo que estamos acostumados a ver a Academia esnobar.

A luta

Aplaudido de pé em Cannes, ovacionado pela crítica mundial, indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme de Drama, segundo lugar na lista de Melhores do Ano do Cineclick e vencedor de outras tantas listas e premiações, não deveria ser uma surpresa ver Mad Max tão bem na premiação mais famosa do cinema. A questão é: O longa tem chances de vencer como Melhor Filme?

+ Veja os carros de Mad Max

A luta será difícil e, pelo retrospecto do Oscar, corre por fora. Mad Max é um filme de ação muito bem feito, voltado para o entretenimento e, embora possua alguns elementos dramáticos e sociais, é basicamente um filme lindo e divertido, mas que também possui falhas. Nas categorias técnicas as chances são realmente boas e o trabalho de George Miller na direção foi primoroso, não só nas cenas de ação, logo não é exagero imaginar que o cineasta possa levar o Oscar para casa, ainda mais depois de ele faturar a estatueta por Melhor Animação em 2007 com Happy Feet: O Pingüim.

+ Veja nosso especial do Oscar 2016

Obstáculos

Entretanto, para Melhor Filme existe uma aura de pompa entre os votantes que Mad Max pode não ser capaz de quebrar. Tradicionalmente, a Academia não leva filmes de gêneros específicos, como ficção-científica, muito a sério e, desde 2009, quando a lista de Melhor Filme passou a ter mais de cinco candidatos, apenas Gravidade, entre os filmes com inclinação mais pop, venceu me uma das categorias principais. A Origem foi indicado e perdeu, Distrito 9 foi indicado e perdeu, Avatar foi indicado e perdeu. E é uma pena ver grandes obras, como Ex Machina, relegada a apenas duas categorias.

Sandra Bullock e George Clooney em cena de Gravidade

Embora a indicação desses longas não seja coincidência, afinal a Academia aumentou a lista de indicados após as duras críticas que recebeu por Batman - O Cavaleiro Das Trevas não estar na lista dos Melhores Filmes em 2009, já que, na época somente cinco filmes faziam parte da principal categoria, existe uma grande diferença entre aparecer na lista dos oito mais votados e, de fato, ganhar. Apesar da intenção de agradar ao homenagear obras mais populares, nem mesmo o apoio de grandes cineastas, como Edgar Wright, pode ajudar Mad Max a ser o grande campeão.

+ Opinião: Falta diversidade ao Oscar 2016

Além disso, o amor dos críticos e público por Estrada da Fúria não se repete entre todos os membros da Academia e isso deve se voltar contra o filme. "Quando eu vi, achei realmente estúpido. Não vou votar a favor", disse um dos votantes do Oscar ao Business Insider em dezembro. E essa não é a única voz dissidente: "Jantei com outro votante e ele pensa como eu e não irá votar [em Mad Max]. É interessante e bonito, mas não entra no meu Top 5 [Número que cada votante escolhe para categoria Melhor Filme]", continuou a fonte do BI.

Esperança

Em contrapartida, ao analisarmos os concorrentes, vemos que Mad Max tem sim chances. Spotlight - Segredos Revelados é um grande filme, mas que não sai do convencional, apesar de abordar o tema jornalismo muito bem. O Regresso é um filme interessante e visualmente belo, que deve dar o Oscar a Leonardo Dicaprio, mas é, no final das contas, um longa com pouco conteúdo.

O Quarto De Jack é dramático e interessante, mas sua proposta pode dividir os votantes. A Grande Aposta é uma comédia divertida sobre um tema sério, mas sua construção é um pouco confusa, assim como Perdido Em Marte, que sofre por ser longo. Ponte Dos Espiões é um filme bem feito, porém burocrático e com Tom Hanks fazendo o mesmo papel de sempre. Brooklyn é um filme sobre imigrantes que tem tudo para arrebatar o amor de boa parte dos votantes, mas não chega com a mesma força de outros indicados.

Mad Max: Estrada da Fúria

Essa divisão entre os candidatos pode melhorar as chances de Mad Max, então ainda não é hora de descartá-lo como o possível vencedor de 2016. Não à toa, o filme fez US$ 375 milhões mundialmente e está com 97% no site Rotten Tomatoes, que faz a média da nota de centenas de críticas de todo o mundo, e está com nove de dez estrelas no Cineclick. Seria mais do que justo ver a obra de George Miller levar algum prêmio importante, além das possíveis vitórias nas categorias técnicas, apesar de disputar com o visualmente impressionante O Regresso e Star Wars: O Despertar Da Força, que certamente saíra com pelo menos uma estatueta para alegria dos fãs.

Testemunharemos o desempenho de Estrada da Fúria no dia 28 de fevereiro, e você pode acompanhar a cerimônia do Oscar ao vivo aqui no Cineclick.

Confira a lista completa com os indicados. Leia a crítica de Mad Max e veja o trailer:


MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA por cineclick

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus