Oscar 2016: “Nada é impossível”, diz diretor de O Menino e O Mundo

Falamos com Alê Abreu, diretor da animação brasileira indicada ao Oscar

15/01/2016 17h19

Vencer Divertida Mente como melhor animação no Oscar 2016. Essa é a missão que Alê Abreu, diretor de O Menino E O Mundo, tem pela frente. A produção brasileira disputa o maior prêmio do cinema também com Anomalisa, Shaun: O Carneiro e As Memórias De Marnie.

+ Veja nosso especial do Oscar 2016

Em encontro com a imprensa, que aconteceu nesta sexta-feira (15) em São Paulo, o cineasta se mostrou feliz pelo reconhecimento e bastante confiante em levar a estatueta para a casa. "Realmente Divertida Mente é bom, é a carta marcada do ano, mas tudo pode acontecer, nada nesse mundo é impossível. Vai ser um duelo entre Davi e Golias", comentou Abreu, referindo-se à história bíblica e sabendo da dificuldade que lhe espera.

+ Confira a lista de indicados ao Oscar 2016

No entanto, ele acredita que pode levar a melhor em relação ao concorrente da Pixar por causa da mensagem universal que o longa traz. "Esse filme tenta ensinar as pessoas a lidarem com a frustração, é fácil de entender mesmo não tendo muitos diálogos, é intenso e também atinge qualquer publico", enfatizou.

O Menino e O Mundo

Claramente feliz, Abreu contou que estava fora de São Paulo no horário do anuncio oficial dos indicados (aconteceu em 14 de janeiro) e, por isso, acompanhou tudo pela internet. "Estava descansando. Confesso que achava pouco improvável (ser indicado), mas acordei no dia com a sensação de que podia entrar entre os melhores. Felizmente aconteceu", contou.

+ Saiba quantas indicações ao Oscar 2016 cada filme recebeu

Sobre o mercado de animação no Brasil, Abreu acredita que o fato de representar o país no Oscar pode incentivar ainda mais os novos produtores do gênero. "Os estrangeiros já notam nosso trabalho. Durante a divulgação de O Menino e O Mundo, vários estrangeiros me perguntaram o que está acontecendo no Brasil, que tem feito ótimos trabalhos ultimamente. Hoje, temos que achar nosso jeito de animar e não copiar os outros. Espero que essa ida ao Oscar tenha indicado um pouco desse caminho", comentou.

Na história de O Menino e O Mundo, um garoto mora com os pais em uma pequena casa do campo. Desnorteado com a falta de trabalho, o pai vai para a cidade grande em busca de novas oportunidades, o que faz o protagonista ficar triste e sair para descobrir um novo mundo. Com o tempo, ele vê algo marcado pela pobreza e falta de perspectiva.

+ Leia a nossa crítica de O Menino e O Mundo

Lançado em 2014 em apenas 11 salas no Brasil, a produção tem feito bonito ao redor do mundo desde então, já que coleciona 44 prêmios, incluindo o de melhor animação (pelo júri e pelo público) no Festival Annecy, na França, considerado o maior prêmio da categoria.

Por causa da indicação ao Oscar, O Menino e O Mundo e os outros indicados a melhor animação vão entra em cartaz novamente na próxima semana (21), em São Paulo. Fique ligado na nossa programação.

Confira abaixo o trailer de O Menino e O Mundo:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus