Oscar 2017: Responsáveis por troca de envelopes serão afastados da equipe

La La Land foi anunciado erroneamente como vencedor

02/03/2017 09h59

Por Iara Vasconcelos

Parece que a gafe cometida durante o anúncio de "melhor filme" no Oscar 2017 desagradou e muito a organização do evento (entenda a confusão). Em comunicado oficial, a presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Cheryl Boone Isaacs, revelou que os responsáveis pela troca de envelopes nunca mais trabalharão na premiação.

Brian Cullinan e sua colega Martha Ruiz, que estavam em posse das duas malas com os nomes dos vencedores das 24 categorias, foram vetados de qualquer participação no evento, mas seguirão trabalhando na companhia PWC.

Boones ainda afirmou que a parceria entre a Academia e a empresa, que realiza a contagem dos votos há 83 anos, está sob análise.

Para quem não se lembra, La La Land - Cantando As Estações foi anunciado como  vencedor da categoria "melhor filme". Entretanto, o ganhador verdadeiro era Moonlight - Sob A Luz Do LuarCom o esclarecimento da confusão, a equipe do musical de Damien Chazelle, que já estava no palco fazendo seus agradecimentos, teve que se retirar gerando o maior "climão".

Mesmo com todo o burburinho gerado em torno do caso, a edição desse ano, apresentada por Jimmy Kimmel, foi assistida por apenas 32,9 milhões de espectadores nos Estados Unidos. Esse número só perde para o da cerimônia de 2008, que obteve 31,8 milhões de audiência. Em relação ao ano de 2016, a queda nos espectadores foi de 4%. Com isso, o Oscar 2017 registrou o número mais baixo dos últimos 9 anos.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus