Oscar: Academia proibirá uso de aparelhos celulares nos bastidores

Empresa de auditoria manterá contrato com a Academia

30/03/2017 10h04

Por Iara Vasconcelos

Após a histórica gafe cometida durante a cerimônia do Oscar 2017 - em que La La Land - Cantando As Estações foi anunciado erroneamente como vencedor no lugar de Moonlight - Sob A Luz Do Luar - a Academia decidiu proibir o uso de aparelhos celulares nos bastidores da cerimônia.

A ideia é que aqueles que estiveram trabalhando no evento não se distraiam e cometam novos erros no futuro. Na época da gafe, foi revelado que um dos auditores responsáveis pelos envelopes com os vencedores acabou usando o Twitter minutos antes.

A presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs, divulgou um comunicado reafirmando que o contrato com a empresa de auditorias PWC continuará no futuro, mas que eles terão o compromisso de redobrar a supervisão de suas atividades e definiu a condição de um terceiro auditor na equipe.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus