Polêmica: Atriz foi demitida após reclamar de machismo em longa de Adam Sandler

Rose McGowan conta que audição exigia que atrizes fossem de decote

25/06/2015 21h35

Por Iara Vasconcelos

Rose McGowan, conhecida por ser musa de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez e ter participado de Planeta Terror e Machete, alega ter sido demitida de uma produção de Adam Sandler após denunciar o machismo sofrido durante as audições.

McGowan declarou em seu Twitter que foi informada que as atrizes deveriam usar decote e o famoso sutiã "push up" durante as audições para o filme. Mais tarde, ela revelou que as audições em questão seriam para um filme de Sandler, ainda sem título ou trama divulgada, e que foi demitida por seu agente após divulgar o caso ao público usando a rede social.

Durante entrevista ao programa da EW, ela desabafa "É tudo tão idiota. A parte que mais me fez rir foi quando o texto disse: 'Não deixe de ler o roteiro para entender o contexto da cena'".

"Mas eu fiquei ofendida por que isso passou pelas mãos de tantas pessoas e ninguém se manifestou. Isso é normal para tantas pessoas. E provavelmente ainda foi uma garota que teve que escrever isso. É algo institucionalmente aceito", completou a atriz.

Vale lembrar que Sandler já esteve envolvido em uma polêmica esse ano quando nativos americanos abandonaram o set de filmagens de seu filme após se ofenderem com piadas racistas vindas do roteiro. 

Ao longo dos anos, Hollywood tem quebrado muitos paradigmas. Hoje é possível ver negros, mulheres e outras minorias em papéis de destaque e até como protagonistas de filmes e franquias, mas no campo do humor a indústria parece não ter aprendido como evitar esteriótipos e piadas ofensivas. Talvez essa seja a oportunidade perfeita para que produtores e roteiristas voltem seus olhos ao humor como crítica social, usando como alvo personalidades que estão no alto da pirâmide de poder, como políticos e empresários, ao invés reforçar clichês sobre grupos que já sofrem com a falta de visibilidade e representação na mídia. Enquanto isso não acontece, mais humoristas se esconderão atrás do escudo do "politicamente incorreto". O cinema perde em qualidade e a sociedade ganha em retrocesso.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus