Proibido Proibir vence Festival de Quito

30/10/2006 13h55

Proibido Proibir, de Jorge Durán, recebeu o prêmio especial do júri oficial do 4º Festival Cero Latitud (Latitude Zero), encerrado neste fim de semana, em Quito, no Equador.

Qué Tan Lejos, da equatoriana Tania Hermida, foi o grande vencedor do festival e O Violino, do mexicano Francisco Vargas, também ganhou o prêmio especial do júri.

Proibido Proibir mostra um triângulo amoroso entre estudantes universitários (Caio Blat, Maria Flor e Alexandre Rodrigues), que vivem uma experiência dramática que os faz amadurecer e fortalece os laços de fraternidade e amor que os une.

O filme, que será exibido nesta quarta (1º/11) na 30ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, já recebeu o prêmio de Melhor filme do Festival de Biarrtiz, entrou na lista Early Hits do Festival de San Sebastian e foi aclamado no Festival do Rio.

Confira crítica sobre o filme.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus