Relembre as polêmicas envolvendo Stan Lee

Ele foi criador de Quarteto Fantástico, Homem-Aranha, Pantera Negra, O Incrível Hulk, X-Men, Homem de Ferro e Os Vingadores

12/11/2018 18h31

Stan Lee se envolveu em algumas polêmicas ao longo anos. Problemas de saúde, acusações de assédio sexual, roubo do dinheiro, violência doméstica por parte de sua filha, roubo do sangue do quadrinista estão entre as questões que envolveram o criador da Marvel este ano. 

Em janeiro de 2018, ele foi acusado de ter assediado jovens enfermeiras que trabalharam em sua casa. Entre as situações relatadas pelas profissionais, "toques indesejáveis e não consensuais" e insinuações de cunho sexual. 

No mesmo mês, uma massagista de um hotel em Chicago afirmou o que quadrinista se masturbou na frente dela. Ele teria exigido sexo e ao ouvir um não da moça, teria começado a praticar o ato. Ele negou veementemente todas as acusações. 

+ Lembre as maiores criações de Stan Lee

Ele ainda processou o ex-empresário por roubo milionário. A lenda dos quadrinhos "se tornou alvo de vários empresários inescrupulosos, bajuladores e oportunistas que viram a chance de tirar vantagem de seu estado de saúde", segundo a queixa apresentada em Los Angeles.

Segundo o tablóide TMZ, após ser agredido pelo seu segurança e ter dinheiro roubado de sua conta, o mestre dos quadrinhos ainda teve outra situação absurda em sua vida: um ex-companheiro de trabalho de ter roubado frascos com seu sangue.

+ Marvel: Confira o ranking dos filmes do estúdio de Stan Lee

O bizarro furto teria acontecido quando o homem falsificou um documento médico e o entregou para uma das enfermeiras particulares do desenhista pedindo a retirada de uma quantidade significativa de seu sangue. Após o final do procedimento, Lee teria ficado tonto e se sentido mal. De acordo com a publicação, a intenção do roubo seria uma ideia macabra de vender canetas exclusivas que teriam o sangue de Lee como tinta.

Segundo o The Hollywood Reporter, Lee ainda sofreu maus-tratos da própria filha, J.C. Lee, de 67 anos. A publicação descobriu que J.C. Lee chegou a agredir os pais em 2014 por causa de um carro de luxo e antigos cuidadores de Stan são categóricos ao afirmar que era comum a filha berrar com o pai pedindo dinheiro.

Stan faleceu nesta segunda-feira e foi por anos uma das mentes criativas por trás da Marvel Comics trazendo quadrinhos como Quarteto Fantástico, Homem-Aranha, Pantera Negra, O Incrível Hulk, X-Men, Homem de Ferro e Os Vingadores.


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus