Renate Langer, ex-atriz alemã, acusa Roman Polanski de estupro

Caso ocorreu em 1972 e essa é a quarta acusação contra o diretor

03/10/2017 18h21

Por Thamires Viana

De acordo com o The New York Times, Renate Langer, ex-atriz alemã de 61 anos, informou à polícia suíça que o diretor Roman Polanski a estuprou em uma casa em fevereiro de 1972, quando ela tinha 15 anos. Langer é a quarta mulher a acusar publicamente Polanski de agressão sexual.

Roman Polanski fala sobre acusações de estupro: "Esse assunto já acabou"

A polícia suíça confirmou que o encontro com Langer aconteceu em 26 de setembro e que o país eliminou o seu estatuto de limitação em casos de abuso sexual de crianças, mas a lei limita a acusação em casos que ocorreram há muitos anos. A ex-atriz disse em uma entrevista que ela se aproximou da polícia porque acreditava que o estatuto permitiria que sua queixa fosse investigada. 

De acordo com Harland Braun, advogado de Polanski, o cineasta franco-polonês recusou-se a comentar a acusação da ex-atriz. O diretor se declarou culpado em 1977 por sexo ilegal com Samantha Geimer quando tinha 13 anos, mas seu advogado contestou outras acusações semelhantes no passado.

Em agosto, uma mulher em Los Angeles, identificada apenas como Robin M., se apresentou em uma coletiva de imprensa para informar que o Polanski a assediou sexualmente em 1973. Na época a mulher informou que a reação dele havia sido "eu não sei do que se trata". Já em 2010, a atriz britânica Charlotte Lewis também o acusou de abuso.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus