Robin Williams: Biografia afirma que ator enfrentava a demência nos últimos dias

O ator cometeu suicídio em 11 de agosto de 2014

07/05/2018 11h02

Por Thamires Viana

Em 2014, a trágica morte do ator e comediante Robin Williams chocou o mundo e levou a questionamentos sobre o que poderia ter induzido a cometer o suicídio. Na época, muitos apontaram a depressão como a principal causa do falecimento, além de problemas com álcool e drogas. (via FirstPost)

No entanto, algumas revelações vieram à tona na biografia sobre a vida de Williams. Robin, livro escrito por Dave Itzkoff e publicado por Henry Holt & Co, conta os últimos dias da vida do ator e revela que ele foi diagnosticado com Demência de Corpos de Lewy, a segunda forma mais comum após o diagnóstico da doença de Alzheimer, que é principalmente associada com danos de regiões do cérebro que envolvem o pensamento, memória e movimento.

De acordo com o livro, o ator começou a ter colapsos frequentes nos sets e não conseguia mais se apresentar. Ele costumava chorar descontroladamente, errar as falas e não conseguia se concentrar.

O ator cometeu suicídio em 11 de agosto de 2014.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus