Saga Divergente: "Só volto se for um filme", afirma Shailene Woodley

Fracasso de bilheteria do último longa fez Lionsgate cancelar o último longa nos cinemas

14/09/2016 10h39

Por Iara Vasconcelos

A Lionsgate desistiu de lançar nos cinemas o último filme da série DivergenteAscendente, e pretende concluir a distopia adolescente com um longa para a TV e uma série derivada. Isso colocou em dúvida a presença da protagonista Shailene Woodley e demais nomes do elenco.

Na época, Woodley revelou que não foi avisada pelo estúdio e demonstrou descontentamento com a situação. Agora, quando perguntada sobre uma possível volta para a franquia, a atriz afirmou que sim, mas com uma condição: "Só se for um filme".

Durante sua participação no programa Today, ela ainda completou: "Eu assinei para contar a história toda de Tris, e adoraria fazer isso. Não há nada que me faria mais feliz".

O último filme estava previsto para 2017 e começaria a ser rodada no verão americano, em Atlanta, mas a bilheteria de apenas US$ 179 milhões conquistada por A Série Divergente - Convergente - a menor de todas da série - fez a empresa repensar a estratégia.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus