Screening Room: Startup de Sean Parker pode mudar mundo do cinema

Assinantes poderão ter acesso a lançamentos do cinema em casa

18/03/2016 14h33

Por Julia Viana

A startup Screening Room está prometendo algo que pode mudar o cenário do cinema atual. A empresa, que ainda não iniciou os trabalhos para o público, lançará filmes para assinantes na mesma data de estreia das produções nas telonas. Sean Parker, da Napster é líder do projeto.

Segundo a Variety, o serviço, voltado a princípio para estadunidenses, custaria US$ 150 e mais US$ 50 por cada estreia de filme - com direito a 48 horas de aluguel. Os clientes ainda receberiam dois ingressos para assistir ao filme no cinema (talvez gastando ainda mais com pipoca, por exemplo). Pais de crianças pequenas, que geralmente não podem sair com frequência de casa, seriam o foco do produto.

Do valor total, até US$ 20 seriam destinados para as salas de cinema. Nos Estados Unidos, os ingressos custam, em média, US$ 8,61.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus