Sony planeja seu próprio universo compartilhado com personagens da Marvel

Venom, com Tom Hardy, será o primeiro filme do chamado SUMC

14/08/2018 16h56

Por Juliana Varella

Se as expectatives se cumprirem, Venom tem tudo para ser um dos grandes sucessos no cinema de super-heróis em 2018. Isso, para um filme que não tem o selo "Disney", é um feito e tanto, ainda mais agora que a gigante se fundiu com a Fox e recuperou os direitos sobre personagens como os X-Men e o Quarteto Fantástico. Nessa nova configuração, a Sony de Venom e a Warner de Batman, Superman e Mulher-Maravilha serão praticamente as únicas concorrentes do universo cinematográrico mais poderoso dos cinemas atuais.

Mas a Sony não quer parar num único hit, especialmente agora que perdeu os direitos sobre o seu maior herói, Homem-Aranha. Começando com o filme Venom, ela está planejando criar seu próprio universo, aproveitando nos cinemas alguns dos cerca de 900 personagens da Marvel Comics (a divisão de quadrinhos, que é separada do estúdio) que ainda estão sob seu controle. Entre os projetos, revelados em reportagem da revista Variety, estão filmes com o vampiro Morbius (dirigido por Daniel Espinosa e estrelado por Jared Leto), Kraven - O Caçador (escrito por Richard Wenk), Silk, Jackpot e Nightwatch. A Gata Negra também deverá ganhar um filme-solo em breve.

O "universo" está sendo chamado, internamente, de SUMC - Sony's Universe of Marvel Characters, numa piscadela às siglas criadas pelos concorrentes (MCU para a Marvel-Disney; DCEU para a DC-Warner). Venom estreia no dia 4 de outubro nos cinemas.

 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus