Stan Lee é acusado de assédio sexual por enfermeiras; Advogados do quadrinista negam

Profissionais dizem que foram tocadas de maneira inapropriada pelo desenhista

09/01/2018 19h13

Por Iara Vasconcelos

O Comicbook Movie revelou que o quadrinista Stan Lee, criador de personagens como Homem-Aranha, Incrível Hulk, Homem de Ferro e X-Men, está sendo acusado de assediar jovens enfermeiras que trabalharam em sua casa.

A publicação afirma que diante do comportamento do desenhista, a empresa que oferecia os serviços de enfermagem acabou encerrando seu contrato com Lee.

Dentre as situações relatadas pelas profissionais estão "toques indesejáveis e não consensuais" e insinuações de cunho sexual. Por enquanto, nenhum processo foi iniciado contra o quadrinista.

Diante das acusações, os advogados de Lee se pronunciaram classificando as denúncias de "falsas e desprezíveis" e alegaram que seu cliente está sendo vítima de chantagem: "O sr. Lee não será extorquido e não pagará nada a ninguém por é inocente".

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus