Stan Lee processa ex-empresário por roubo milionário

A denúncia alega que Lee virou alvo de oportunistas e bajuladores

17/04/2018 17h03

Por Thamires Viana

Stan Lee está processando seu ex-empresário, Jerardo Olivarez, por supostamente roubá-lo milhões de dólares - e até mesmo roubar seu sangue, de acordo com documentos legais obtidos pela Revista People.

Depois que a esposa de Lee morreu, a lenda dos quadrinhos "se tornou alvo de vários empresários inescrupulosos, bajuladores e oportunistas que viram a chance de tirar vantagem de seu estado de saúde", segundo a queixa apresentada em Los Angeles.

A denúncia alega que seu ex-gerente e outros autores consolidaram o controle dos assuntos profissionais e pessoais de Lee e causaram a transferência de aproximadamente US$ 4,6 milhões de dólares de sua conta sem autorização. Lee também alega na denúncia que Olivarez o convenceu a criar uma falsa caridade chamada Hands of Respect, que, segundo seus advogados, foi usada para canalizar dinheiro para os bolsos do agente.

No começo de abril, o desenhista afirmou que um homem falsificou um documento médico e o entregou para uma de suas enfermeiras particulares pedindo a retirada de uma quantidade significativa de seu sangue. Após o final do procedimento, Lee teria ficado tonto e se sentido mal.

Até o momento, Olivarez ou algum de seus representantes não comentaram as acusações.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus