Star Wars: Hospital libera fã com câncer para assistir sessão exclusiva do filme

Wagner Tavares luta contra a doença há três anos

16/12/2015 16h13

Por Iara Vasconcelos

Wagner Tavares, de 45 anos, mora em Santos, no litoral de São Paulo, e conseguiu realizar o sonho de assistir Star Wars: O Despertar Da Força antes da pré-estreia nacional. Ele está há três anos lutando contra um câncer no estômago e passou os últimos 35 dias internado em um hospital. (Via portal G1)

Tavares conseguiu alta médica de um dia para assistir ao filme, voltando para o hospital após o término da sessão. "Ganhei um par de convites de um amigo. Quando o presente chegou no hospital, comigo internado, comecei a pensar em uma maneira de conseguir ir assistir à pré-estreia, que era exclusiva e para um grupo bastante seleto de pessoas. Conversei com o meu médico e ele conseguiu me liberar temporariamente", conta.

Para ajudar em seu tratamento, Yoda - como é chamado pelos amigos por seu porte físico, supostamente semelhante ao do personagem - lançou um site para conseguir encontrar formas de amenizar a doença.

"Minha intenção com o site era receber ajuda das pessoas e que o meu caso chegasse a alguém que encontrasse uma solução. Foram muitos compartilhamentos e chegou muita besteira, mas também coisas boas, que me ajudaram, mas nada definitivo", explica ele, que tinha "ganhado" dos médicos apenas seis meses de vida, mas vem enfrentado o câncer com muita força desde 2013.

Em novembro, o americano Daniel Fleetwood ganhou o direito de assistir ao filme antes do todo mundo pois sofria com um câncer terminal. Menos de uma semana depois, ele acabou falecendo, mas sem deixar de realizar seu sonho.

O novo longa da franquia, Star Wars: O Despertar Da Força, se passará 30 anos após Star Wars: Episódio VI - O Retorno De Jedi e acompanha o confronto entre a Resistência (antiga Aliança Rebelde) e a Primeira Ordem (antigo Império Galáctico). O filme estreia no próximo dia 17 no Brasil.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus