Stephen King volta a se pronunciar sobre diversidade no Oscar

Autor explicou a sua última e polêmica declaração sobre o assunto

28/01/2020 11h11

Por Alexandre Dias

Após uma fala polêmica sobre priorizar a qualidade ao invés da diversidade, o autor Stephen King fez um novo discurso sobre o assunto. O escritor voltou atrás e criticou o Oscar em uma coluna no Washington Post por "favorecer pessoas brancas". 

"Nós não vivemos em um mundo perfeito e esse ano a baixa diversidade nas indicações da Academia mais uma vez provaram isso. Talvez algum dia sejamos (um mundo perfeito). Eu posso sonhar, não posso? Afinal, eu invento histórias para viver.", diz King

O autor de obras como Carrie, A Estranha e O Iluminado também comentou sobre a repercussão dos seus tweets. "Eu não disse que filmes, novelas, peças e músicas focadas na diversidade e/ou desigualdade não podem ser trabalhos criativos de gênios", afirma. Ele ainda elogia um desses projetos: 

"A minissérie da Netflix Olhos que Condenam, de Ava DuVernay, sobre as convicções erradas a respeito dos cincos adolescentes do Central Park, é um caso esplêndido", exemplifica. A trama baseada em fatos reais dessa produção mostra jovens negros sendo presos injustamente. 

King já teve várias adaptações de suas obras para diferentes mídias. A mais recente delas é The Outsider, que foi levada às telas pela HBO.

Quanto ao Oscar 2020, o grupo de vencedores também promete render vários debates nas rodas de discussão. A cerimônia ocorre no dia 09 de fevereiro.

Veja também: Bilheteria Brasil: Jumanji 2 assume a liderança novamente

 


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus