Stranger Things: Criadores da série são acusados de assédio moral por funcionário

Matt e Ross Duffer teriam agredido mulheres verbalmente no set

14/03/2018 11h58

Por Iara Vasconcelos

Depois que campanhas como o #metoo começaram a ocupar Hollywood, os membros da indústria cinematográfica se sentem mais livres para denunciar abusos vindos de colegas de trabalho e superiores. 

O novo caso que está ganhando as manchetes internacionais envolve os irmãos Matt e Ross Duffer, criadores da série Stranger Things. (Via The Guardian)

Segundo Peyton Brown, que integrou a equipe de gravações de alguns episódios da inédita terceira temporada, a dupla é frequentemente abusiva com os seus colaboradores, em especial com as mulheres.

Em post feito no Instagram - e apagado em seguida - Brown afirma: "Eu testemunhei pessoalmente dois homens em posições de poder procurarem e agredirem verbalmente diversas mulheres que estavam no set. Eu prometi a mim mesmo que se presenciasse algo do tipo eu falaria. O tempo acabou (em referência ao nome do movimento Time's Up)".

Diante da denúncia, os irmãos Duffer divulgaram um comunicado oficial explicando o ocorrido: "Queríamos muito sabem os motivos que levaram algumas pessoas a ficarem desconfortáveis no nosso set. Todos nós estamos desgastados com o longo trabalho de produção e isso pode elevar os ânimos, mas queremos pedir desculpas e acreditamos em tratamento justo para todos, não importando a qual raça, gênero e religião eles pertençam. Estamos comprometidos a criar um ambiente de trabalho seguro e confortável aos nossos colegas".

A Netflix também prestou esclarecimentos sobre o caso: "Nós investigamos a denúncia feita e a preocupação levantada, mas não encontramos nada que tenha sido fora da curva. Nosso objetivo e dos irmãos Duffer sempre será manter uma atmosfera respeitável e segura para os nossos funcionários".

A terceira temporada de Stranger Things contará com oito capítulos. A primeira e a segunda temporada já estão disponíveis na Netflix.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus