Superman 2 prova que Hollywood precisa de boas histórias e não de mais tecnologia

Clássico dos anos 80 mostra força de uma boa trama

18/04/2018 10h48

Por Julia Viana

Superman vivido por Henry Cavill, mais recente ator a dar vida ao herói nos cinemas, é um personagem mais humano do que já foi interpretado em filmes anteriores. Ele ainda é um galã e símbolo do bem tanto em Batman Vs Superman: A Origem Da Justiça (2016) quanto em O Homem De Aço (2013), mas suas falhas são mais evidentes.

Bem diferente do protagonista vivido por Christopher Reeve em Superman 2 - A Aventura Continua, segundo dos seis filmes mais famosos baseados no renomado personagem da editora DC: além do antecessor Superman - O Filme (1978), vieram Superman 3 (1983), Superman 4 - Em Busca Da Paz (1987), Superman - O Retorno (2006) e O Homem De Aço (2013).

Na trama do filme dos anos 1980, dirigida por Richard Lester, três criminosos vindos de Krypton, planeta natal do protagonista, pretendem dominar a Terra, mas, antes, precisam acabar com o herói. Possuindo poderes parecidos com o do Superman, os três se mostram o maior desafio já enfentado pelo Homem de Aço e, mesmo assim, a pureza do herói é mantida.

Superman 2

Com Christopher Reeve, Superman é um herói que mantém a bondade acima de tudo, o deixando mais próximo do personagem como conhecemos e o colocando ainda mais no papel de salvador da humanidade. Tanto que General Zod, vilão kryptoniano, não é morto nessa versão apesar de todo mal que causa - diferente do que acontece no filme de 2013.

Mesmo com a escassez de recursos tecnologicos da época, a história sobressai e, mesmo com a falta de riqueza nos detalhes técnicos, o filme é mais interessante do que o longa dirigiro por Zack Snyder. O que conhecemos do personagem Zod, vivido por Terence Stamppo, foi definido lá trás, apesar de o vilão retornar em Homem de Aço com Michael Shannon. Essa última versão não agradou a todos os fãs.

O Homem de Aço de Henry Cavill, recriado por Snyder, é capaz de matar e destruir uma cidade sem aparentar remorso (um dos motivos de maior crítica ao herói na versão contemporânea). Já o Superman de Christopher Reeve traz a inocência de Clark Kent e a capacidade de usar seus poderes apenas para o bem. Lois Lane (Margot Kidder) até o faz querer desistir de sua identidade secreta a fim de ter uma vida normal, mas a vocação para salvar vidas fala mais alto sempre.

Superman 2 é um grande filme, com uma história clássica e leve sobre o maior herói de todos os tempos. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus