Superpai: Elenco fala sobre a nova comédia brasileira

Longa relata história de pai irresponsável. Estreia acontece na próxima quinta

24/02/2015 16h50

Com estreia marcada para a próxima quinta-feira (26), a nova comédia brasileira, Superpai, traz o ator Danton Mello na pele de um pai irresponsável, que está muito mais preocupado em resgatar sua juventude do que com a saúde do próprio filho. Além disso, o filme conta com a participação de diversos humoristas, como Antonio Tabet (Porta dos Fundos), Monica Iozzi, Dani Calabresa, Danilo Gentili e Rafinha Bastos (todos estes passaram pelo programa de TV CQC).

Para promover o lançamento, o diretor Pedro Amorim e o elenco principal conversaram com a imprensa, nesta terça-feira (24), em São Paulo, sobre a produção do longa.

Baseado em um roteiro norte-americano, a história acompanha Diogo (Mello), marido de Mariana (Iozzi) e pai do pequeno Luca, que vê no reencontro da turma do colégio a oportunidade de sair da rotina e recuperar sua antiga fama de popular. No entanto, ao buscar seu filho em uma creche noturna, ele se confunde e pega um outro garoto. Totalmente perdido com a situação, o rapaz precisa da ajuda dos amigos César (Tabet), Júlia (Calabresa) e Nando (Thogun Teixeira) para encontrar Luca.

"No primeiro momento achei que fosse fazer esse filme para as minhas filhas. Depois que li o roteiro, percebi que era algo mais pesado. Na trama acontece de tudo, mas no fundo é uma história de amor. Foi divertido fazer, pois o clima no set foi muito bom", comentou o ator Danton Mello.

Superpai

 

Segundo Amorin, a ideia principal do longa é justamente quebrar os estereótipos. "Esse é um longa que se remete aos tempos áureos da vida, do período do colegial. Nossa intenção foi não rotular e fazer algo diferente", disse o diretor.

Totalmente politicamente incorreto, a película não tem medo de fazer piadas agressivas. De acordo com Amorin, o roteiro teve que passar por grandes readaptações. "Tivemos que mudar. A versão americana era bem mais pesada e nosso objetivo era humanizar o protagonista, por isso alteramos", revelou. A censura de Superpai é 14 anos.

Dani Calabresa, disse que adorou a experiência de trabalhar novamente com cinema. Em 2011, fez uma participação em Cilada.com. "Superpai é uma comédia bem desbocada. Foi muito divertido. Como tenho bastante experiência com stand-up comedy, queria fazer algo mais autoral e foi muito bom. O Pedro (diretor) me deixou bem livre para criar", comentou a humorista, que vive uma amiga de Diogo viciada em sexo.

Ainda não há nada confirmado quanto a produção de Superpai 2. No entanto, se depender da vontade de Amorin, ela pode acontecer em breve. "Vai depender do sucesso do filme, mas queremos fazer uma sequência", disse o cineasta.

Assista ao trailer do filme:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus