Caso Johnny Depp: "Temo por minha segurança”, afirma Amber Heard após agressão

Atriz já entrou com pedido de divórcio

28/05/2016 10h24

Por Iara Vasconcelos

A notícia de que a atriz Amber Heard teria sido agredida pelo ex-marido Johnny Depp ganhou as manchetes de todo o mundo na última sexta-feira (27). Segundo o TMZ, Heard afirmou que as agressões eram recorrentes durante o casamento, que durou breves 15 meses.

Agora, trechos dos documentos apresentados na corte de Los Angeles indicam que Depp teria problemas sérios envolvendo o vício em drogas e álcool.

"Eu tenho muito medo de Johnny e temo por minha segurança. Ele é do tipo pavio curto, frequentemente se tornava paranóico e seu temperamento é excepcionalmente assustador", revelou a ex do ator.

Ela ainda relembra outra agressão cometida por Depp, após ele não estar presente em sua festa de aniversário. "Johnny gritava e me ameaçava, me desafiando a ficar de pé. Após vários minutos, ele saiu furioso do condomínio, quebrando tudo o que via pela frente. Depois disso, fiquei um mês sem vê-lo".

A gota d'água, que levou a loira a pedir o divórcio e denunciar Depp, foi quando ela teve um aparelho de celular jogado contra sua face. Amber contou ainda que o marido lhe ofereceu dinheiro para que não comentasse o ocorrido.

Johnny Depp está no elenco de Alice Através Do Espelho, que está atualmente em cartaz nos cinemas.

Confira imagem da agressão:

A atriz Amber Heard

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus