The Birth of a Nation coloca diretor acusado de estupro em foco no Festival de Toronto

Nate Parker se esquivou das perguntas sobre sua vida pessoal

11/09/2016 18h01

No sábado, a apresentação de The Birth Of A Nation foi aplaudida e colocou o ator, diretor e roteirista Nate Parker em foco. Seu nome foi relacionado a casos de estupro e ele por vezes se esquivou de perguntas com viés mais pessoal. Mas, durante um fórum sobre o longa, ele assumiu uma postura firme e mostrou que não falaria sobre as acusações.

+ Oscar 2017: Conheça os filmes favoritos para a disputa

"Esse é um fórum sobre o filme. É também sobre as outras pessoas envolvidas no filme, sentadas aqui. Não é sobre mim. Minha vida pessoal não tem a ver com o filme", disse deixando claro que não iria responder às perguntas sobre o caso que aconteceu na época da faculdade. Parker já havia dito que não se esquivaria das acusações, antes, em um post no Facebook. No entanto, ele parece não querer envolver o seu novo projeto à polêmica. "Eu já falei disso milhares de vezes, e tenho certeza que vou falar mais", concluiu.

The Birth Of A Nation é um dos filmes mais aclamados do ano e um dos favoritos para o Oscar 2017. A trama conta a história de Nat Turner (vivido por ele), que liderou uma rebelião de 48 horas contra fazendeiros e escravistas no estado da Virgínia em 1831, provocando uma retaliação violenta dos brancos. A estreia no Brasil está programada apenas para janeiro de 2017.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus