TOP 6 - Filmes de O Exterminador do Futuro

Confira quais são os melhores filmes da franquia com Schwarzenegger

02/07/2020 12h30

Por Daniel Reininger

O Exterminador Do Futuro, criado por James Cameron (Avatar) nos anos 80 e estrelado pelo astro Arnold Schwarzenegger, é uma das principais franquias do cinema. Com seis filmes, é uma franquia de altos e baixos, mas que marcou época e garantiu alguns dos momentos alucinantes da sétima arte. Por isso, ranqueamos os filmes para vocês se divertirem com o melhor da ação e do governator:

6. O Exterminador Do Futuro: Gênesis

Tentativa de recomeçar a franquia para um novo público não funcionou. O quinto filme reconta a história do original sob uma nova ótica. A trama é a mesma do original por boa parte da narrativa: Em 2029, John Connor (Jason Clarke) vence a Skynet, mas um exterminador é mandado de volta no tempo para matar sua mãe, Sarah (Emilia Clarke). Como resposta, Kyle Reese (Jai Courteney) é enviado para protegê-la. Em 1984, as coisas se complicam quando Reese encontra um exterminador, modelo T-1000, exemplar que ele não chegou a conhecer – o que significa que a guerra não acabou como ele pensava.

5. O Exterminador Do Futuro 3: A Rebelião Das Máquinas

O terceiro filme usou a base dos dois primeiros e não agradou. Com uma exterminadora à caça de John Connor, mostra o começo da guerra. Anos após a destruição da Cyberdyne, John Connor (Nick Stahl) vive à margem da sociedade aguardando o apocalipse, que não veio em 1997. Em 2004, Sarah Connor está morta e a inteligência artificial da empresa Skynet está prestes a entrar em operação. Com a intenção de eliminar John Connor, ainda líder da resistência, as máquinas enviam um robô T-X (Kristanna Loken). Para protegê-lo, um ciborgue mais moderno, modelo T-850 (Schwarzenegger), volta ao passado também.

4. O Exterminador Do Futuro: A Salvação

O filme tentou trazer algo novo ao mostrar a guerra entre humanos e máquinas. Christian Bale viveu o líder da resistência: John Connor. O dia do julgamento aconteceu, mesmo que atrasado (em 2004), e a Skynet domina os humanos. Ambientado no pós-apocalíptico ano de 2018, John Connor (Christian Bale) ainda não é líder da humanidade, apenas um profeta que sabe como lutar contra os robôs. Mas o futuro no qual Connor foi criado para acreditar é novamente alterado com a aparição de Marcus Wright (Sam Worthington), um estranho cuja última lembrança é de estar no corredor da morte.

3. O Exterminador Do Futuro: Destino Sombrio

O mais novo filme da franquia foi também um dos melhores. Embora siga o padrão da franquia, consegue ser relevante e divertido. Na trama, John Connor está morto e Sarah Connor se une a novos aliados, inclusive uma humana aumentada cibernéticamente, para salvar Dani, importante figura para o futuro da rebelião humana contra as máquinas. O longa tem o retorno de James Cameron como produtor e ignora os filmes 3,4 e 5 da franquia em sua cronologia.

2. O Exterminador Do Futuro

O filme original é um clássico de ação e suspense sci-fi. Poucos filmes conseguem ser tão sufocantes quanto o longa de James Cameron. Na trama original, no ano de 2029, John Connor está prestes a vencer a Skynet, rede de computadores que decide destruir a humanidade, mas um exterminador T-800 (Arnold Schwarzenegger) é mandado de volta no tempo para matar sua mãe, Sarah (Linda Hamilton). Como resposta, Kyle Reese (Michael Biehn) é enviado para protegê-la. Eventualmente, Kyle e Sarah se apaixonam e a moça engravida e dá vida a John. O apocalipse acontece somente em 29 de agosto de 1997, tempo suficiente para Sarah treinar John para sobreviver.

1. O Exterminador do Futuro 2 - O Dia do Julgamento Final

A sequência é incrível e expande o universo do filme original. Apesar de usar a mesma fórmula, tudo é maior, melhor e com efeitos de ponta. Depois de falhar em tentar matar Sarah, a Skynet envia um androide modelo T-1000 (Robert Patrick) para matar John Connor (Edward Furlong), agora com 10 anos. Em contrapartida, a resistência envia um modelo T-800 (mesmo do primeiro filme), capturado e reprogramado para proteger John. O T-1000 é um protótipo avançado de liga polivalente mimética, ou seja, metal líquido, podendo mudar de forma. Para piorar, Sarah descobre que os restos do robô do primeiro filme são a razão do desenvolvimento da Skynet pela Cyberdyne. Logo, decide destruir tudo. O que atrasa o apocalipse, conforme descobrimos no terceiro filme.


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus