Transformers: Série animada da Netflix expande mitologia dos robôs

War For Cybertron explora a origem dos Autobots e Decepticons

13/07/2020 16h30

Por Alexandre Dias

A saga Transformers já teve seis filmes em live-action, contando com o spin-off de Bumblebee. Em todos eles, há pinceladas sobre a história dos robôs alienígenas, mas nenhum é focado na mitologia do planeta natal deles, Cybertron. Essa missão fica a cargo da nova série da Netflix. 

Apesar da franquia ser conhecida também pelas adaptações televisivas, a plataforma de streaming promete uma produção que será um novo passo na expansão da origem das máquinas: Transformers: War For Cybertron. O projeto é uma animação dividida em três partes; a primeira, O Cerco, estreia no dia 30 de julho. 

Saiba mais sobre a série animada:

Allspark 

Diversas fontes de energia importantes passaram pelos filmes dos Transformers, mas a principal delas é, sem dúvida, a unidade de poder cúbica do Allspark. O objeto apareceu no primeiro longa da franquia e é motivo de disputa entre os Autobots e os Decepticons. 

Pouco se sabe sobre o que é o Cubo, apenas que é muito poderoso e pode redefinir a trajetória dos robôs. Essa é a mesma razão de confronto em War For Cybertron, o que dá início à guerra civil do planeta alienígena. Portanto, por ser a alavanca de uma série de batalhas, o Allspark deve ser destrinchado mais a fundo na animação. 

Autobots e Decepticons

Há o objeto de disputa e os exércitos: Autobots e Decepticons. O retrato dos grupos sempre foi um tanto maniqueísta na saga, colocando os primeiros como mocinhos da paz e os segundos como vilões malvados. War For Cybertron promete aprofundar esse conflito. 

As ferramentas para isso são os seus respectivos líderes: Optimus Prime (Jake Foushee) e Megatron (Jason Marnocha). No trailer divulgado pela Netflix, pode-se notar que a rivalidade deles se assemelha a dos líderes da Liga da Justiça em Batman Vs Superman: A Origem Da Justiça; Megatron quer usar o Allspark independente da destruição que cause e Optimus não pretende deixá-lo fazer isso. 

Guerra civil

"Honra não vai vencer essa guerra", diz Megatron no começo do trailer. Mais uma vez com o paralelo à DC Comics, o destino de Cybertron é algo parecido com o de Krypton na história de O Homem De Aço. Optimus forma uma resistência com o objetivo de restaurar a paz, porém não deixa de se questionar sobre o seu papel na possível extinção dos Transformers. 

Toda essa retórica está presente em uma estrutura completamente voltada às histórias de guerra. Só Bumblebee trouxe um pouco disso com uma batalha em Cybertron. Na animação, percebe-se a dimensão da destruição do planeta e cenas de ação intensas que se aproveitam desse cenário. 

Novidades

O material divulgado da série comprova que a produção não é redundante na história dos Transformers. O diretor de animes da Netflix John Derderian confirmou essa expectativa (via Variety):

"Nessa história de origem dos Transformers, nós vamos explorar o universo expandido de Cybertron de um jeito que a audiência nunca viu antes - para o prazer dos fãs antigos da franquia e daqueles que estão chegando pela primeira vez."

Atentemos pela palavra "origem" utilizada por Derderian. Nos filmes, várias eras dos robôs foram levantadas de uma maneira ou de outra, como a chegada deles à Terra em Transformers 4: A Era Da Extinção. Contudo, se a nova animação da Netflix é a "origem", significa que os acontecimentos das três partes da série definem tanto o pasado como o futuro dos alienígenas. 

Equipe e episódios

O showrunner do projeto é F.J. DeSanto, o responsável por diversas minisséries dos Transformers, como Power of the Primes, Titans Return e Combiner Wars. 

Dentre os roteiristas, estão Brandon Easton (Transformers: Rescue Bots) , Gavin Hignight (Transformers: Cyberverse) e George Krstic (Transformers: Combiner Wars). Como podemos observar, todos os envolvidos trabalharam com a franquia e em animações, logo, War For Cybertron não poderia estar em mãos melhores. 

Vale ressaltar que O Cerco terá seis episódios. Não são muitos e o projeto conta com "trilogia" no título. O formato de minissérie é outro indicativo de que o objetivo dos realizadores é contar a história de origem dos Transformers em Cybertron, mais do que apenas conceber mais uma produção dos robôs. 

Veja o trailer da série: 

 

Nesta matéria você leu sobre: Transformers, Bumblebe, Batman Vs Superman: A Origem Da Justiça, O Homem De Aço, Transformers 4: A Era Da Extinção.

Veja também: Cronologia Transformers: Entenda a linha do tempo da franquia


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus