Uma Thurman critica produtor acusado de assédio: "Você não merece nem um tiro"

Atriz usou seu Instagram para protestar contra Harvey Weinstein

24/11/2017 13h48

Por Iara Vasconcelos

Uma Thurman usou o seu Instagram para apoiar as mulheres que denunciaram abusos cometidos em Hollywood nas últimas semanas e aproveitou para criticar novamente o produtor Harvey Weinstein, acusado de assédio por diversas atrizes e modelos.

A postagem de Thurman tinha como gancho o Dia de Ação de Graças, mas a estrela de Kill Bill: Vol. 1 não deixou a ocasião passar batida e fez o seu protesto usando a hashtag #metoo (eu também), indicando que já sofreu abusos semelhantes na indústria:

"Sou grata pelo dia de hoje, por estar viva e por todos que amo e por aqueles que têm coragem de defender os outros. Eu disse recentemente que estava irritada e tenho algumas razões. #eutambém caso você não tenha conseguido perceber pela expressão do meu rosto. Eu acredito que é importante você respeitar o seu tempo, ser justo e exato, então feliz Dia de Ação de Graças para todos (exceto pra você Harvey, e todos os seus conspiradores fracos - eu estou feliz que tudo esteja se encaminhando, mesmo que devagar - você não merece nem um tiro)", diz a legenda.

Vale lembrar que Thurman trabalhou frequentemente com Quentin Tarantino, que assumiu saber do comportamento do produtor. Inclusive, Weinstein já produziu e financiou muitos filmes do diretor.

"Eu sabia o suficiente para ter feito mais do que fiz. Havia algo mais na história do que um simples rumor ou uma fofoca normal. Não era indireto. Eu sabia que ele tinha feito algumas coisas", confessou Tarantino.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus