Vestido para Casar aposta em Leandro Hassum para conquistar público

Diretores e elenco se reuniram em SP para divulgar comédia, que desagradou a imprensa especializada

06/08/2014 19h22

Leandro Hassum

Leandro Hassum: "Nós, os atores, somos apenas os condutores desse texto"

Foto: Rogério Gomes

Com direção de Gerson Sanginitto (Área Q) e Paulo Aragão (Didi – O Cupido Trapalhão), Vestido para Casar chega às telas apostando em Leandro Hassum, sucesso de público coma franquia Até Que A Sorte nos Separe, para atrair espectadores aos cinemas. A produção conta também como outros nomes conhecidos do grande público, como Marcos Veras, André Mattos, Fernanda Rodrigues e Tonico Pereira. Parte da equipe esteve em São Paulo para divulgar o longa, que estreia nesta quinta-feira (7) em circuito nacional.

Sanginitto estreia no gênero, mas disse que não sentiu tanto o peso de dirigir uma comédia por causa de sua experiência no teatro: "A comédia sempre me encantou. Foi no teatro que eu comecei a gostar de dirigir e pegar ritmo e afinação para a comédia. Eu gosto muito do filme Um Convidado Bem Trapalhão, com Peter Sellers, que foi uma referência. Assisti algumas vezes antes de começar esse trabalho".

O diretor revelou que o projeto era antigo e começou numa bate-papo dele com Leandro Hassum numa pizzaria, após um show do comediante. "Tudo começou com a gente comendo; quer me convencer, me leve para comer", brincou Hassumn durante a coletiva. Mesmo fazendo o tipo de humor que lhe é peculiar em Vestido Para Casar, que define como histriônico e caricato, Hassum revelou que o filme não permitiu espaço para improvisação, para brincadeira.

"Essa comédia tem um diferencial das outras porque você tem que prestar muita atenção na história. Para brincar, improvisar, coisa que gosto de fazer, tinha de ser algo que se encaixasse. A grande estrela é o roteiro, pois, ele tem que ser contado, senão a história perde um pouco de interesse. Nós, os atores, somos apenas os condutores desse texto", disse.

No filme, Hassum interpreta um homem prestes a casar que se mete em confusão quando vai buscar a noiva, vivida pela atriz Fernanda Rodrigues, no aeroporto. Ela vem do interior do Paraná para o casamento e acaba passando por poucas e boas sendo enrolada pelas mentiras do noivo, que tenta a todo custo se livrar do mal entendido em que se meteu com a personagem de Renata Dominguez, uma ex-BBB que trai o marido, um senador, com seu segurança (Marcos Vera).

Vestido para Casar 2

Vestido para Casar: elenco divulga filme em São Paulo

Foto: Rogério Gomes

Renata Dominguez, que estreou no gênero, disse que fazer sua primeira comédia rodeada de feras do humor foi um desafio. "O legal foi que energia no set me deixou absolutamente confortável em cena. O entrosamento do elenco me ajudou muito. Tinha amizade, intimidade e uma falta de pudor em fazer qualquer tipo de brincadeira entre os colegas"."Eu sempre quis fazer uma caipira, do interior. Amei fazer a Nara! Eu falava caipirês igual a personagem fora do set também, em casa. Tive ajuda de uma fonoaudióloga, que deu uma força no início das filmagens e sugeriu coisas interessantes para o sotaque", disse Fernanda.

Vestido para Casar chega às telas apostando numa fórmula aparente de sucesso: elenco encabeçado por Leandro Hassum, que levou mais de três milhões de espectadores para os cinemas em cada filme da franquia Até que a Sorte nos Separe, história escrita pelos roteiristas do televisivo Os Cara de Pau - Claudio Torres Gonzaga e Celso Taddei - e a presença de nomes em alta no momento, como o casal do canal Porta dos Fundos, Marcos Veras e Júlia Rabello.

Durante a sessão para a imprensa, não dava para diferenciar se os jornalistas estavam assistindo a um drama ou comédia – não se ouvia riso. A coletiva foi bem mais divertida que o filme, mas, afinal, quem determina o sucesso de um filme comercial é o público. Resta saber como este vai receber Vestido para Casar.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus