Vingadores 4 não será continuação de Guerra Infinita

Irmãos Russo dizem que longas se conectam, mas são independentes

15/03/2018 18h06

Por Iara Vasconcelos

Quando a Marvel anunciou os novos filmes da franquia Vingadores, tudo indicava que o terceiro e o quarto episódio seriam uma espécie de continuação um do outro, como uma só história dividida em duas partes. Entretanto, durante a produção de Guerra Infinita, os irmãos Russo acabaram mudando os planos.

+ Despedida: Veja os personagens que podem morrer em Vingadores - Guerra Infinita

"Eles serão relacionados assim como 'O Soldado Invernal' se relaciona ao 'Guerra Civil' e o 'Guerra Civil' se relaciona a 'Guerra Infinita'. Esses dois filmes também serão ligados, há uma linha narrativa que conecta as duas tramas, mas ao mesmo tempo há uma independência em termos do que é a experiência e pra onde a história irá. Não será bem uma parte II e acredito que esse conceito surgiu quando a Marvel decidiu que esses filmes colocariam alguns pontos finais no MCU. Mas conforme desenvolvemos o projeto, durante a execução, percebemos que seria mais uma expressão singular", afirmou Joe Russo.

Em um momento, Joe também usa a franquia Harry Potter como exemplo: "Nós sempre tentamos fazer com que cada longa seja diferente para que as coisas não fiquem repetitivas. Com esse tipo de narração serializada, fora do universo de 'Harry Potter' que era uma história distinta contada ao longo de oito filmes, você precisa continuar mantendo o público envolvido. Pra nós, cada personagem representa um tema diferente e possuem desejos diferentes e isso pode moldar e colorir um filme inteiro dependendo de quem você está acompanhando. Principalmente em histórias tão grandes quanto essas".

O novo trailer de Vingadores: Guerra Infinita será divulgado nessa sexta-feira (16). A estreia está marcada para 26 de abril de 2018.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus