Woody Allen se defende das acusações de abuso contra sua filha

Diretor afirma que foi inocentado anos atrás

18/01/2018 14h36

Por Iara Vasconcelos

Dylan Farrow, filha adotiva do diretor Woody Allen com a atriz Mia Farrow, concedeu sua primeira entrevista para a TV e confirmou ter sido abusada sexualmente por Allen quando tinha apenas sete anos de idade.

Diante das declarações, Allen emitiu um comunicado oficial onde se defende das acusações e diz já ter sido inocentado: "Essa acusação foi feita há 25 anos e foi investigada pela Clínica de Abuso Sexual Infantil de Yale e pelo Serviço Social de Nova York. O processo durou meses e a conclusão foi negativa para o abuso. Eles inclusive acreditam que uma criança vulnerável pode ter sido condicionada a contar essa história por um adulto".

"Apesar da família Farrow estar usando esse momento de denúncias de forma oportunista, repetindo uma acusação que já foi desmentida, ela não passa a ser mais verdadeira do que no passado. Eu nunca abusei da minha filha e todas as investigações já feitas décadas atrás comprovam isso".

Diante das denúncias, muitos atores que trabalharam ao lado do cineasta em seu novo filme decidiram doar o seu cachê para instituições que ajudam vítimas de abuso sexual, como foi o caso de Rebecca Hall e Timothée Chalamet.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus